sábado, 30 de março de 2013

CAMINHOS NA VIDA


Segui caminhos encobertos por neblina
Segui sem me preocupar com meu destino
Nesses caminhos perdi minha direção
Sem direção, perdi minha razão
Sem razão...enlouqueci.
Quando vi...já tudo terminara
Nem tive tempo de explicação
Como nada mais importasse
Qualquer rumo que tomasse
Seria o certo, a nova direção.
Nem sei o porquê dessa atitude
Não havia ninguém a me esperar
Ninguém a quem eu pudesse falar
Nem adiantava meu lamento gritar
Não havia quem a mim viesse salvar
Sozinha caminhei...em direção ao mar
Em pé, sem me preocupar
Deixei as ondas do mar me levar.
Despertei...e vi que tudo eu sonhara
Que pena!!!! ainda não me libertara!...


naja
Enviado por naja em 29/03/2013