sexta-feira, 19 de abril de 2013

CAMINHOS


CAMINHOS

 

 

Tantos caminhos percorridos

Caminhos de flores, de muitos amores

Caminhos de espinhos, momentos sem ninhos

Caminhos de luz, caminhos sem sol

Ao olhar pra trás, nas curvas da vida

Há muita desilusão, no meio da multidão

Nas esquinas da vida ficaram perdidas

Ilusões, sonhos, amores, feridas

Nas estradas percorridas, com flores

Com alegrias, com realizações, com dores

também

A vida negou felicidade plena

Ofereceu árdua luta pela paz

Luta feroz  pela felicidade, pela satisfação

Pelo prazer de existir

A vitória foi certa

A luta vitoriosa

A paz conquistada

Trouxe a paz tão sonhada

No final da existência

Há caminhos floridos

Com flores silvestres

De tons coloridos

Mostrando que há festa

Festa na vida

Com pessoa querida

Que Deus enviou.

 

                      NAJA