quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

COISAS DA VIDA

No rosto uma lágrima sentida
No coração uma tristeza, grande dor
A vida não lhe foi amena
No sofrimento ela se mantem serena

A noite parecia não terminar
Na insônia a agonia interminável
Imagens surgiam em sua mente
Mas acalmando-se dormia serenamente.


O tempo passa a dor se esvai
O recordar momentos é um alento
Momentos felizes são os que agradam

Sabe-se que na vida tudo pode acontecer
Para amenizar o melhor é escrever
Lembrar do passado sem sofrer.