sábado, 15 de março de 2014

NO SILÊNCIO DA ESCURIDÃO DA  NOITE FRIA

No silêncio da escuridão da noite fria
Meu coração pede por uma cançao de amor
Num lamento sofrido, nessa noite insone
Sinto a saudade que me mata lentamente!...
Volto no tempo nesses meus pensamentos
Vejo o tanto que perdi sem perceber
No silêncio dessa noite fria
Ouço o pulsar em minhas veias
Agonia... tristeza...te perdi!

                                                         NAJA