sábado, 29 de agosto de 2015

AINDA QUE...

AINDA QUE....




Ainda que todas as vozes se calem


Que impeçam os perfumes das flores


Que venha chuva no lugar do sol


Que desapareçam as estrelas


Que o mundo torne-se nublado


Que venham raios e trovões


Que terminem as ondas do mar


Ainda que a noite seja eterna


Não importa, para mim tudo será belo


Porque nosso amor é eterno!...

                                                NAJA