domingo, 23 de agosto de 2015

DESILUSÃO


DESILUSÃO


Silêncio na noite escura
No chão uma folha caída
Na garganta um choro abafado
O coração lamenta a falta de ternura.

A lua surge tão tímida
Tem receio de trazer sofrer
Lábios estão selados...nada mais dizem
Nem mandam recados pelo vento.

Vento que fugiu para o mar
De tristeza se deixou afogar
Igual a folha caída...deixou a vida passar.

Qual onda do mar que vai e vem
Vida sem rumo despencou no chão
Deixou-se levar sem acalmar o coração






naja
Enviado por naja em 24/04/2013
Código do texto: T4257420
Classificação de conteúdo: seguro